Título:
MIGAS DE CARRASQUINHAS COM BACALHAU E POEJO
Nº inventário:
OBJ/000227
Descrição:
2 molhos de carrasquinhas 1 ramo de poejos 2 postas de bacalhau baixas 1 dl de azeite 3 dentes de alho 1 pão duro sal. Escaldam-se primeiro e cozem-se depois, as carrasquinhas, bem arranjadas. Não se aproveita a água de cozedura. Coze-se o bacalhau, e reserva-se a água. Fritam-se os alhos inteiros no azeite com algumas folhinhas de poejos. Junta-se o bacalhau cozido e ás lascas e frita-se um bocadinho. Acrescenta-se o pão partido ás fatias fininhas e o resto das folhas de poejos, as carrasquinhas, rega-se com a água do bacalhau a ferver, tapa-se e deixa-se descansar uns minutos fora do lume. Volta o tacho ao lume, para secar, mexendo bem. As migas estão prontas quando o pão está desfeito e se começam a despegar das paredes do tacho. Numa frigideira, aquece-se uma colher de azeite e fritam-se as migas como quem faz uma omeleta, sacudindo o tacho e virando-as até estarem douradas.

Copyright © Pagus - Todos os direitos reservados
in web. Acesso online ao Patrimonium. Sistemas do Futuro