Antonim Travadinha

António Vicente Lopes (Janela SA:1937-Mindelo SV:1987), conhecido como Antonim Travadinha ou Travadinha, foi um dos mais virtuosos violinistas da música tradicional de Cabo Verde. Para além de violino tocava violão, viola e cavaquinho. Começou a tocar nos bailes populares apenas com nove anos de idade, sendo que mais tarde, entraria nas noites musicais do Mindelo pela mão de Ti Goy, onde era capaz de passar horas a fio a solar. No Mindelo trabalhará como pedreiro e mais tarde como contínuo da EMPA (Empresa Pública de Abastecimento), empresa pela qual se reformou. Em 1981 em virtude de uma tournée feita para Portugal seria catapultado para a ribalta, recebendo folgados elogios dos jornais portugueses de então. Em 1983 integrou o Grupo Cultural Mantenha que chegou a gravar um disco Mantenha na Holanda. Em 1986 vai pela terceira vez a Portugal já com o seu estado de saúde a deteriorar-se, gravando o seu LP Feiticeira de cor morena. Pouco antes de falecer em 1987, foi realizado um concerto em sua homenagem no Mindelo, com a participação de dezenas de artistas, e transmitido pela rádio nacional.

LIMA, Paulo (1966-)